Adeus, caspa! Saiba quais alimentos podem evitar a descamação do couro cabeludo

23/03/2018 21:24:24

Verdade seja dita, ninguém gosta de ter caspa. Aquelas casquinhas brancas que descolam da cabeça coçam e ainda deixam o cabelo visualmente feio, sendo grandes inimigas da beleza. Isso quando não caem na roupa, algo que pode ser visto por muitos como falta de higiene. O nosso couro cabeludo possui glândulas sebáceas que naturalmente produzem uma secreção oleosa, mas quando expostas a altas temperaturas esse processo se acelera, gerando a descamação. Por isso não é indicado tomar banho quente quando a pessoa sofre com caspa. Mas você sabia que esse processo também pode ser aumentado ou reduzido com a alimentação?

Alimentos ricos em açúcar e gordura animal podem colaborar para um mau funcionamento das glândulas sebáceas quando ingeridos em excesso. Portanto, o primeiro passo para evitar a caspa é prestar atenção na própria dieta. Se pratos assim já foram evitados e a caspa permanece, aí o ideal é buscar alimentos que vão colaborar para que essas glândulas funcionem da maneira adequada, evitando que ela produza óleo demais, o que consequentemente irá evitar a descamação.

Zinco reduz a produção de sebo no corpo

Considerado um remédio natural, o zinco é um mineral que atua na prevenção de doenças. Entre essa e outras vantagens, ele reduz a produção de sebo, sendo muito indicado para tratar a acne. Mas ele não atua apenas na pele, já que o cabelo também produz esse óleo. Por isso, para evitar a caspa uma boa ideia é passar a consumir alimentos ricos nesse mineral. Ele pode ser encontrado em grãos integrais, castanhas, feijões e ovos. Outra sugestão é apostar no consumo da vitamina B6, já que ela auxilia na absorção de zinco pelo corpo.

Ômega 3 é anti-inflamatório e melhora a saúde da pele

Esse ácido graxo essencial possui ação anti-inflamatória e é muito conhecido por essa característica. O que muita gente não sabe é que ele também é muito indicado para a saúde da pele, já que participa da formação da membrana celular da epiderme. Por isso, é ótimo para quem quer reduzir o sebo tanto do rosto quanto da cabeça. O ômega 3 está presente principalmente nos peixes, mas já que é bom evitar gordura animal o ideal é consumir como alternativa sementes, como a chia e linhaça, e oleaginosas.

Gengibre possui propriedades antifúngicas, o que pode acabar com a caspa

Há também alimentos que merecem destaque por si só. Esse é o caso do gengibre, um ingrediente coringa da alimentação detox que possui um valor nutricional muito forte. Uma de suas grandes vantagens é que ele é antibactericida e antifúngico. Mas no que isso interfere na descamação? Bem, explicando um pouco mais, a caspa surge após um fungo quebrar a gordura do sebo. Isso ocorre naturalmente, e é importante para a renovação da pele. Mas devido a alguns fatores o processo pode ser acelerado, e isso irá causar a caspa. Ao possuir propriedades antifúngicas, o gengibre se torna um alimento muito indicado para quem sofre com esse problema.

Abacaxi pode evitar uma inflamação nos folículos capilares

Assim como o alho, o limão e o próprio gengibre, o abacaxi é um alimento com fortes propriedades anti-inflamatórias. Isso pode evitar uma possível inflamação nos folículos capilares, seja ela causada pela água quente ou por qualquer outro fator externo. Há quem diga que é possível usar essa fruta para fazer uma loção anticaspa, mas se você quer mesmo ter a garantia de que suas propriedades irão atuar no corpo é melhor consumir o abacaxi em sua forma pura ou em suco.

Avatar de KéciaPor: Kécia dia: 23/03/2018 21:24:24em: Alimentos SaudáveisAdeus, caspa,Adeus caspa, Saiba quais alimentos podem evitar caspa do couro cabeludo - 2271 Visitas